A ESCAS te deseja um Feliz Natal e um 2024 de Paz!

CONFIRA AQUI O NOSSO RELATÓRIO 2O22 

Publicações

Publicações Relacionadas

Até que ponto as soluções baseadas na natureza podem aumentar a oferta de água em uma das mais importantes bacias hidrográficas brasileiras?
Plantar árvores e melhorar a qualidade do solo são as melhores estratégias para garantir resiliência na produção de água na bacia Atibainha, uma das cinco que formam o Sistema Cantareira. A informação é do artigo recém-publicado na revista Earth/MDPI que tem como primeira autora Letícia Duarte, mestra pela ESCAS.
Fatos e personagens que fizeram a história das categorias de manejo
A obra busca responder à pergunta “o que motivou o surgimento das categorias de manejo das unidades de conservação que constituem nosso atual sistema de áreas protegidas”? A publicação é assinada por Angela Pellin, pesquisadora do IPÊ e professora da ESCAS, Claudio Padua, reitor da ESCAS, e Fabiana Pureza, mestra pela ESCAS.
A história de sucesso na conservação de uma espécie ameaçada
Desdobramento do trabalho de conclusão de curso da mestra pela ESCAS Gabriela Cabral Rezende, o livro conta a história de como o mico-leão-preto, o único primata endêmico do estado de São Paulo, foi salvo da extinção e se tornou um símbolo de sucesso em conservação de espécies ameaçadas no Brasil e no mundo.
plugins premium WordPress

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.