Projeto Educação, Paisagem e Comunidade (Espírito Santo)

Com o projeto, a ESCAS e o IPÊ levam para assentamentos rurais no Espírito Santo a tecnologia social desenvolvida em conjunto com agricultores do Pontal do Paranapanema, região do extremo Oeste do estado de São Paulo. O projeto traz a expertise da ESCAS, que elabora as metodologias de ensino de acordo com cada realidade e conta com a parceria dos técnicos do IPÊ para a implementação no campo.

O projeto trabalha para beneficiar 143 pequenas propriedades e recuperar mais de 635 hectares de solo e APPs – Áreas de Preservação Permanente com práticas agroecológicas que apoiem a restauração da área de influência da bacia do rio Doce.

A iniciativa é realizada em quatro assentamentos rurais nos municípios de Alto Rio Novo e Águia Branca, selecionados devido ao potencial de responder ao programa de recuperação de APPs e recarga hídrica do rio Doce. O projeto que está no primeiro ciclo teve início em julho de 2021 e segue até junho de 2023.

As ações do IPÊ e da ESCAS envolvem educação ambiental, capacitação e extensão rural.

Realização: IPÊ e ESCAS

Parceira do projeto: a Fundação Renova apoia o projeto no eixo Pesquisa & Desenvolvimento sob o título “Educação como Agente de Mudanças: Agroecologia, Participação e Sustentabilidade para Assentamentos Rurais e Instituições na Bacia do Rio Doce”.

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.